Como medir a velocidade de leitura

“Se você não pode medir, você não pode gerenciar” Peter Drucker

Essa é uma frase do mundo da administração, mas que acredito valer também para quem quer ler dinamicamente.

É muito importante medir sua velocidade para que você tenha consciência do quanto melhorou e de quais técnicas trouxeram mais resultado para você.

Continue lendo para saber mais sobre:

  • O que é uma baixa, média e alta velocidade de leitura
  • A fórmula utilizada para medir a velocidade
  • Qual o tipo de material escolher para o teste de velocidade
  • #3 Maneiras de medir sua velocidade de leitura
  • O porquê você deve investir em aumentar sua velocidade de leitura

Interessou? Então vamos…

BAIXAS, MÉDIAS E ALTAS VELOCIDADES DE LEITURA

Já antes de explicar melhor, vou deixar aqui o que, nesse artigo, considero uma velocidade baixa, média e alta de leitura.

Esses números que vou apresentar são de palavras por minuto (ou PPM). Que é a forma mais comum de se medir a velocidade dentro da leitura dinâmica.

E também são velocidades em que as pessoas normais conseguem ainda manter quase que 100% de compreensão do texto lido.

Digo isso porque leitores dinâmicos podem aumentar (e muito) sua velocidade de leitura, dependendo da técnica utilizada, só que com uma compreensão menor.

Um leitor dinâmico pode até dobrar sua velocidade de leitura normal se achar que é válido ganhar tempo em detrimento da compreensão.

Pode parecer estranho pensar em comprometer a compreensão durante uma leitura, mas se isso for feito conscientemente, pode ser bastante útil.

Leitores dinâmicos fazem isso geralmente para ter uma visão panorâmica do material que estão lendo.

E essa visão panorâmica ajuda a decidir se o material merece ser lido em profundidade e, caso se decida que sim, a visão panorâmica vai aumentar ainda mais a compreensão da segunda leitura. E isso é bem interessante, por exemplo, nos estudos de uma maneira geral.

Voltando aqui sobre as velocidades…

Tendo em mente o objetivo de chegar a 100% de compreensão (ou perto disso) as velocidades e as minhas considerações sobre elas são:

  • Uma velocidade até 200 PPM é considerada baixa;
  • De 200 até 400 PPM, é média; e
  • A partir de 400 PPM já considero uma velocidade alta;

Essas velocidades que apresentei (e explicarei melhor daqui para frente) são de pessoas comuns como eu e você.

Digo isso porque existem campões de leitura dinâmica que mostraram ser possível chegar a mais de 2 mil PPM. Isso mesmo! Mais de 2.000.

Anne L. Jones, 6 vezes campeã mundial de leitura dinâmica provou isso. Ela leu em uma velocidade de 2.284 PPM com 53% de compreensão. 53 não é 100%, claro… Mas é uma excelente taxa de compreensão para quem lê a 2.000 PPM 🙂

Na verdade, tem um artigo de autores da Universidade da Califórnia que cita um feito em que Anne Jones leu o livro Harry Potter em 47 minutos. Ou seja, ela leu a uma velocidade de 4.200 PPM!

Só que dessa vez não teve uma medida exata da compreensão dela. Depois dessa leitura Anne Jones, simplesmente, resumiu o livro para alguns jornais britânicos.

Até 200 PPM ou baixa velocidade

Um leitor comum lê em média 100 palavras por minuto (ppm). Essa baixa velocidade muito se deve ao fato da leitura silábica ou a leitura de palavra por palavra.

Talvez o motivo maior de pessoas que leem nessa velocidade seja, simplesmente, a falta do gosto pela leitura. Pois só de adquirir um leve hábito de leitura já é possível dobrar essa velocidade.

De 200 até 400 PPM ou velocidade média

Uma velocidade entre 200 e 400 palavras por minuto já é muito boa. Mas tem ainda muito potencial para aumentar.

A dica rápida para quem está neste grupo é a de, simplesmente, sair da zona de conforto e forçar uma leitura mais acelerada. Essa dica já irá trazer bons resultados.

Acima de 400 PPM ou alta velocidade

Em velocidades acima de 400 PPM já podemos ter mais certeza de que a pessoa aplica técnicas de leitura dinâmica em suas leituras.

Daqui para frente, caso queiram aumentar a velocidades de leitura, as pessoas desse grupo precisam de consistência na aplicação (ou treino) das técnicas de leitura dinâmica.

A FÓRMULA

Ainda vou apresentar para você algumas maneiras de se calcular a quantidade de palavras por minuto.

Mas, no final das contas, em todas as maneiras você vai chegar a um tempo de leitura e ao número de palavras que leu.

Com essas duas informações em mãos você aplica a fórmula:

SUA_VELOCIDADE = NÚMERO_PALAVRAS_TEXTO / MINUTOS_GASTOS

Uma observação importante é que a variável “MINUTOS_GASTOS” deve ser dada somente em minutos. Supondo que gastou 2 minutos e 30 segundos na leitura, então seriam 2,5 minutos.

Com isso basta fazer as substituições. Para dar um exemplo, vou supor que você leu um texto de 500 palavras e gastou 2 minutos e 30 segundos para lê-lo.

SUA_VELOCIDADE = 500 / 2,5 = 200 PPM

Nesse caso, o resultado seria a velocidade de 200 palavras por minuto.

Entendendo como chegar na variável “MINUTOS_GASTOS”

Vamos supor que seu cronômetro tenha marcado o tempo de 2 minutos e 30 segundos. Você não pode pegar 2,30 e jogar na variável minutos. O correto, nesse exemplo de 2m e 30s, seriam 2,5 minutos.

Vou mostrar como chegar nesse número:

Para cada minuto completo você já conta uma unidade. Em nosso exemplo de 2:30 seriam 2 minutos completos.

Com os 30 segundos que sobraram você faz a regra de três:

60 segs 1 minuto
30 segs X minutos

Que resulta em:

X = 30 / 60 = 0,5 minutos

Com isso você soma os dois minutos completos com a fração de minuto: 2 + 0,5 = 2,5.

Um jeito mais fácil de chegar na variável “MINUTOS_GASTOS”

Para facilitar sua vida é possível utilizar sites da internet que nos ajudam nessa conversão. Um que você pode usar é o Convert World.

Primeiro você transforma tudo em segundos e depois usa o site Convert World para converter para minutos.

A conversão para segundos que você precisa fazer é fácil… Em nosso exemplo de 2m e 30s bastaria multiplicar dois por sessenta e somar com trinta:

(2 x 60) + 30 = 150 segundos

O resultado (que em nosso exemplo foi 150 segundos) você joga no site Convert World:

Convert World

Depois que você joga os 150 segundos no Convert World ele, simplesmente aplica a regra de três que mostrei no tópico anterior. O que ele faz é:

60 segs 1 minuto
150 segs X minutos

Que resulta em:

X = 150 / 60 = 2,5 minutos

De qualquer forma, o que o Convert World faz, já é uma boa ajuda para quem não estiver a fim de fazer cálculos de cabeça.

QUAL O TIPO DE MATERIAL ESCOLHER PARA OS TESTES DE VELOCIDADE

Antes de explicar sobre as 3 maneiras que irei apresentar para medir a velocidade de leitura é preciso você ter consciência sobre o material que vai escolher par se testar.

O tipo de material que escolher irá influenciar no resultado. Não fique muito preocupado com isso, pois é normal.

E mesmo tendo essa diferença, é legal conhecer a sua velocidade de leitura. Como disse no começo, é importante para ter a ideia de quanto melhorou e também para saber reconhecer a técnica de leitura que te trouxe mais resultados.

Para fazer a medição seria bom escolher um texto que, para você, seja simples de ler. Isso é para que variáveis como vocabulário, conhecimento prévio do assunto e complexidade não atrapalhem.

Imagine querer fazer os testes com um texto técnico que contenha conceitos que você não domina…

Isso vai, provavelmente, fazer com que a leitura seja mais lenta, pois o cérebro precisará de mais tempo para processar a informação desconhecida.

#3 FORMAS DE MEDIR A VELOCIDADE DE LEITURA

Existem algumas maneiras diferentes de medir a velocidade de leitura e vou apresentar 3 delas para você. Cada uma com sua pequena vantagem ou desvantagem.

Depois que aprender essas maneiras que irei explicar, você vai poder utilizar tanto elas quanto alguma outra variação.

A minha ideia é mostrar algumas maneiras de se calcular a quantidade de PPM para que você entenda e, com isso, consiga criar suas variações, se achar necessário.

Maneira #1: com ajuda do editor de textos

Essa primeira tem a vantagem de ser mais precisa com relação ao resultado e a desvantagem de ser mais voltada para materiais digitais.

Você vai precisar de um cronômetro e um editor de texto que seja capaz de fazer a contagem de palavras. Todo bom editor de textos dá essa informação para você.

Agora você vai escolher um texto entre os seus documentos ou em algum site da internet. O cronômetro pode ser o seu celular ou algum site com um cronômetro online.

Uma dica aqui é que você pode pegar esse texto que está no editor e imprimir.

Imprimir o texto será melhor, principalmente, para quem lê mais através de meios físicos. Citei, a pouco, que essa era uma técnica para materiais digitais, mas nada impede você de fazer a contagem de palavras com o editor e depois fazer a impressão do mesmo 🙂

Nesse ponto você já pode disparar o cronômetro e começar a ler.

Logo que terminar de ler e encerrar o cronômetro você já terá as duas informações que precisamos para o cálculo: a quantidade de palavras do texto e o tempo que gastou na leitura dele.

Basta agora aplicar a fórmula como conversamos no tópico anterior.

Recomendada para…

Essa maneira de calcular a quantidade de palavras por minuto eu recomendo para quem está começando seus treinos de leitura dinâmica.

Isso porque ela é bem precisa e com menor chance de errar, pois utilizamos de ferramentas como os editores de textos para ajudar na contagem das palavas.

Maneira #2: leitura com tempo fixo

Tem a vantagem de poder ser utilizada sem ajuda do editor de textos e a desvantagem de ter que contar as palavras manualmente.

Nessa maneira de calcular a quantidade de palavras por minuto você vai estipular um tempo e ler durante esse tempo.

Um bom tempo para fazer esse teste são 3 minutos. Menos, seria muito pouco para se ter uma boa noção e mais, daria trabalho para ficar contando as palavras.

Quando acabar o tempo você vai parar imediatamente, independente se terminou a frase ou não. Depois você conta o número de palavras do início até o ponto em que parou de ler.

Suponto que você escolheu ler por 3 minutos e contou 350 palavras, você pega essas duas informações e, novamente, joga na fórmula que expliquei.

Recomendada para…

Essa maneira também é bem precisa e recomendo também para quem está começando seus treinos de leitura dinâmica.

Só não será vantagem se você gosta mais da leitura de materiais digitais (e-books e artigos). Nesses casos seria melhor usar o editor de textos como explicado na maneira 1.

Maneira #3: número de palavras por linha

Como na forma anterior, essa pode ser utilizada sem a ajuda de um editor de textos.

Tem a vantagem, sobre a maneira 2, de ser menos trabalhosa na contagem das palavras, mas a desvantagem de ser menos precisa.

Ela é menos trabalhosa que a maneira número 2 porque você precisa contar menos palavras e menos precisa porque é baseada na média de palavras por linha. E, como é uma média, não tem como garantir precisão.

Primeiro, é preciso achar essa média de palavras por linha…

Você pega 5 linhas (de preferência, as que vão do início ao fim da página) e conta a quantidade de palavas de cada uma. Feito isso você faz a média, ou seja, soma as quantidades de cada linha e divide por 5 (que é o número de linhas).

Claro que, quanto mais linhas você pegar para encontrar a média, mais preciso será seu cálculo. Mas, pelo contrário, será mais trabalhoso também.

Pode se tranquilizar, pois 5 é um número de linhas que vai te dar uma boa média para o cálculo.

Sabendo a média, você determina a quantidade de páginas que irá ler (1 ou 2 páginas já está bom). E de novo… Quanto mais páginas escolher ler, melhor. Porém será mais trabalhoso também.

Dispare o cronômetro e comece a leitura.

Quando terminar a leitura e parar o cronômetro, você conta a quantidade de linhas das páginas que escolheu ler e multiplique esse número de linhas pela média que encontrou anteriormente.

Assim você terá o tempo de leitura e a quantidade de palavas lidas. E, como você já sabe, basta jogar na fórmula explicada no tópico anterior (chamado “A FÓRMULA”).

Recomendada para…

Essa maneira 3 eu recomendo para quem quiser medir sua velocidade durante a leitura de um livro.

Pense o seguinte… Já que temos a média de palavras por linha, então podemos chegar a média de palavras por página.

Basta contar o número de linhas de uma página e multiplicar esse número de linhas pela média de palavras por linha. O resultado será o número médio de palavras por página.

Com isso, a cada sessão de leitura que terminar, será possível saber a sua velocidade na mesma.

O PORQUÊ VOCÊ DEVE INVESTIR EM AUMENTAR SUA VELOCIDADE DE LEITURA

“Se você duplicar sua velocidade de leitura e em vez de 1000, ler 2000 livros, isso mudará sua vida.” Tony Buzan

Acredito muito nessa frase do Tony Buzan.

Comecei a ler um maior volume de livros por causa do trabalho. Sou programador e sempre li muito sobre programação e tecnologia em geral.

Isso me deixou muito, mas muito mas confiante no trabalho.

Desde que comecei a trabalhar com tecnologia eu sempre tive uma intensidade muito grande nos meus estudos, focando em ser um bom programador.

Só que no começo eu dava preferência total para cursos online. Eu achava que aprendia melhor com os cursos em vídeos.

Hoje ainda faço muitos cursos em vídeos, mas minha preferência é por livros. E por quê? Porque é muito mais rápido de consumir.

Na verdade, o motivo inicial de migrar a preferência de cursos em vídeo para livros nem foi a velocidade para consumi-los. Foi o preço mais em conta 🙄

A cada livro que eu ia lendo, me sentia mais confiante e fui me apaixonando mais e mais pela leitura. Sem falar que o investimento é mais baixo (bem mais baixo).

Respondendo mais claramente a pergunta:

Por que devemos investir em aumentar nossa velocidade de leitura?

Porque quanto mais lemos, mais conhecimento temos e nos tornamos mais confiantes para tomar decisões (boas decisões). E não sei se você tem a consciência, mas nós tomamos decisões a todo momento.

Mude sua vida. Leia mais rápido.

CONCLUSÃO

Falamos sobre as velocidades de leitura e algumas considerações sobre elas.

Mostrei também maneiras de como você pode calcular a sua velocidade. Levando em consideração as características do material utilizado nos testes.

Falamos, no final, sobre o grande motivo para se aumentar a velocidade de leitura. Caso você queira já começar a trabalhar sua velocidade de leitura agora, então pode clicar aqui e baixar agora o meu livro de Leitura Dinâmica.

Abraços,

Alexandre Afonso

Imagem: pixabay